Premier League

Quem é o artilheiro da Premier League 2024? Veja lista completa

Confira a lista da artilharia do Campeonato inglês.

Imagem do autor
Cadastrado por

João Victor Tavares

Publicado em 15/05/2024 às 17:04 | Atualizado em 15/05/2024 às 19:26
Notícia

A Premier League 23/24 está chegando ao fim e o campeão será definido na última rodada. Arsenal e Manchester City enfrentarão o grande desafio da temporada nesta rodada final. O City tem a vantagem de 2 pontos, com 88, e basta apenas vencer seu último jogo para levantar o troféu do Campeonato Inglês.

Os Gunners têm 86 pontos e torcem para o Manchester City tropeçar na última rodada, além de vencer sua partida contra o Everton. A equipe do Arsenal não vence o título da Premier League há 20 anos e chega com sede ao pote nesta última rodada.

Artilharia da Premier League

  • Erling Haaland (Man City) - 27 Gols
  • Cole Palmer (Chelsea) - 21 Gols
  • Alexander Isak (Newcastle) - 20 Gols
  • Ollie Watkins (Aston Villa) - 19 Gols
  • Dominic Solanke (Bournemouth) - 19 Gols
  • Mohamed Salah (Liverpool) - 18 Gols
  • Phil Foden (Man City) - 17 Gols
  • Son Heung-Min (Tottenham) - 17 Gols
  • Bukayo Saka (Arsenal) - 16 Gols
  • Jarrod Bowen (West Ham) - 16 Gols

Clubes ingleses marcam votação para decidir fim do VAR na Premier League

A equipe do Wolverhampton entrou com um pedido para encerrar o uso do VAR na Premier League. Com isso, gerando uma convocação uma votação em junho, no qual os 20 equipes do campeonato irão decidir se continuam com o sistema ou deixam de usar a arbitragem de vídeo.

Para acabar com a utilização do VAR, os Wolves vão precisar do voto de outras 14 equipes na reunião marcada para 6 de junho. Se isso acontecer, o vídeo será abolido do Campeonato Inglês de forma instantânea.

O Wolverhampton ainda pontuou a sua justificativa para ser contra o uso do VAR na Premier League:

  • Impacto nas celebrações de gols e na paixão espontânea que fazem o futebol ser especial
  • Frustração e confusão nos estádios com a demora de checagens do VAR e comunicação ruim
  • Atmosfera hostil recente, com protestos, vaias ao hino da Premier League e cânticos contra o VAR
  • Uso indevido do VAR, cuja proposta inicial era corrigir erros claros e óbvios, mas acabou se tornando objeto de análises além da conta, que comprometem a fluidez e a integridade do jogo
  • Diminuição da responsabilidade dos árbitros de campo, devido à "rede de proteção do VAR", o que levou à erosão da autoridade dos juízes
  • Continuidade dos erros apesar do VAR, com torcedores não conseguindo aceitar erros humanos após múltiplas visualizações e replays, danificando a confiança na equipe de arbitragem
  • Quebra do ritmo de jogo rápido da Premier League através de checagens demoradas, o que leva ao aumento dos acréscimos, tornando as partidas excessivamente longas
  • Constante discurso sobre o VAR tirar o foco da própria partida em si, manchando a reputação da liga
  • Erosão da confiança e da reputação, com o VAR criando discussões sem sentido e alegações sobre corrupção na arbitragem
 

Tags

Autor