Sport

Sport: presidente atualiza obras da Ilha e quer volta no 2º turno da Série B

Ilha do Retiro passa por reformas e Leão vem jogando na Arena de Pernambuco

Imagem do autor
Cadastrado por

Davi Saboya

Publicado em 15/05/2024 às 11:07 | Atualizado em 15/05/2024 às 15:22
Notícia

O Sport pode voltar à Ilha do Retiro ainda neste ano. Pelo menos esse é o desejo do presidente Yuri Romão. Em entrevista ao Blog do Torcedor, o mandatário do Leão afirmou que deseja essa volta no segundo turno da Série B do Campeonato Brasileiro. Lembrando que desde o começo do ano o time joga na Arena de Pernambuco.

"Tenho o desejo de jogar o segundo turno todo aqui (na Ilha do Retiro). As chuvas deram uma trégua e começamos a remoção dos entulhos do arco", disse. Apesar do desejo de Yuri, o Sport definiu ainda uma data específica de retorno, já que questões externas, como as chuvas no Recife, podem atrapalhar o andamento natural das obras.

Yuri atualiza obras da Ilha do Retiro

O presidente ainda trouxe alguns status sobre a reforma da Ilha do Retiro. Neste momento, a concentração está na parte elétrica e do gramado. Confira abaixo o que disse o presidente do Sport:

Gramado

"Essa semana o pessoal do gramado já está aqui para fazer a visita técnica".

Parte elétrica

"O projeto elétrico já está na parte final".

Reconhecimento facial

"Já tinha comprado o sistema de reconhecimento facial, para podermos colocar de forma integrada. Precisa de uma rede de lógica pronta".

Mais reformas na Ilha do Retiro?

Yuri também foi questionado sobre uma possível reforma mais ampla na Ilha do Retiro, atualizando praticamente toda a estrutura do estádio para um modelo mais próximo de arena. Esse assunto foi comentado na última segunda, durante o aniversário de 119 anos do clube. A informação foi publicada primeiro pela jornalista Camila Alves, do GE, e repercutida com o presidente rubro-negro.

Saiba mais sobre as obras da Ilha do Retiro

"Para que a gente possa atrair algum investidor para fazer a reforma da Ilha do Retiro, a gente tomou a decisão de primeiro aprovar o projeto junto à Prefeitura e depois ir no mercado para saber a modelagem financeira e o possível investidor para o perfil desse investimento", disse Yuri.

"Mudamos um pouco a estratégia comercial. Vamos já apresentar ao investidor o modelo aprovado", comentou Yuri.

Esse projeto normalmente demora mais tempo para ter encaminhamento já que depende primeiro de análise da Prefeitura do Recife e desse possível investidor. Por conta disso, o Sport conta com um comitê para cuidar do assunto com muito cuidado.

"Formei um comitê para gerar andamento na gestão desse projeto. Temos várias consultorias contratadas. Temos a empresa de projeto arquitetônico, temos uma empresa que faz o estudo do impacto de vizinhança, outra que realiza o estudo de impacto de trânsito, outra empresa que faz a questão ambiental, por estarmos próximo ao rio. Isso é muito regulado, precisa estar tudo dentro dos conformes", destacou o mandatário do Leão.

"Quem me ajuda nisso: Bruno Schwambach, líder do projeto. Temos ainda o Raphael Campos, que é arquiteto e está me ajudando, e ainda Gustavo Dubeux e Alexandre Egurem. Ainda tem Leonardo Barcelar, junto com João Guilherme Ferraz", complementou Yuri, destacando os diversos rubro-negros que o ajudam nesse projeto.

Tags

Autor