FINANÇAS

Santa Cruz faz 'ginástica financeira' para sobreviver em 2024

Sem jogar desde março deste ano, o Santa Cruz tem buscado alternativas para reduzir os custos do clube até o início da pré-temporada para 2025

Imagem do autor
Cadastrado por

Túlio Feitosa

Publicado em 09/06/2024 às 8:00 | Atualizado em 11/06/2024 às 10:10
Notícia

O Santa Cruz tem vivido uma das maiores dificuldades da história do clube. Com o time profissional sem entrar em campo desde março, o clube precisa se virar para atrair recursos e manter a folha do clube em dia. Cortes de gastos foram feitos para deixar o clube sustentável até o início da pré-temporada para 2025.

Em entrevista ao repórter Leonardo Bóris, da Rádio Jornal, o presidente do Santa Cruz - Bruno Rodrigues - falou sobre o trabalho de resiliência que o clube tem feito e os caminhos feitos pela diretoria para enxugar as despesas. Uma delas foi a diminuição do quadro de funcionários.

"Tínhamos em torno de 120 funcionários, hoje temos 90. Enxugamos a folha, diminuímos várias despesas. A nossa despesa global, não só de futebol, que girava em torno de R$ 750 mil, hoje estamos em torno de R$ 300 mil (por mês)", revelou o mandatário Coral.

"Estamos 'cortando na carne' para poder passarmos por esse momento de dificuldade. Estou muito otimista com o futuro do clube, apesar das dificuldades que estamos enfrentando neste momento", completou.

Santa Cruz enxerga futuro promissor

O Santa Cruz entrou em campo em 2024 apenas 13 vezes, sendo uma pela Pré-Copa do Nordeste e as demais 12 no Campeonato Pernambucano. A previsão é que a próxima temporada seja mais cheia, já que o clube garantiu a participação na Série D do Campeonato Brasileiro e vai tentar um resultado positivo na fase preliminar da Copa do Nordeste, dessa vez.

"A partir de novembro, quando começa a pré-temporada, será outra realidade. Com os patrocinadores, com a perspectiva de jogar não só o Pernambucano, como a Série D, a pré-Copa do Nordeste, será outro cenário", ressaltou Bruno Rodrigues.

"Eu costumo dizer que esse ano de 2024 é um deserto que estamos passando, mas também dizer que, com certeza iremos dar conta do recado quando nós prometemos deixar toda folha em dia, não só do futebol, mas também dos nossos funcionários, pessoas jurídicas e físicas, todos esses que atuam no Santa Cruz", prometeu o dirigente.

Tags

Autor